Disciplina - Geografia

Ecos da separação

Em 2011, geólogos colheram amostras de granito, um tipo de rocha continental, da Elevação do Rio Grande, uma cadeia de montanhas submersas a cerca de 1.300 quilômetros do litoral do Rio Grande do Sul. Pensava-se que essas montanhas seriam resultado da formação do assoalho oceânico e de erupções vulcânicas, portanto, formadas por outro tipo de rocha. Dois anos depois, por meio de um submarino, foram colhidas outras amostras de rochas continentais. Veja no vídeo produzido pela equipe de Pesquisa Fapesp por que a análise dessas rochas reforçou a hipótese de que essa região do Atlântico Sul pode ser um pedaço de continente que teria submergido durante a separação da América do Sul e da África, há 120 milhões de anos.

Produção: Pesquisa Fapesp

Idioma: Português

Palavras-chave: Brasil. África. Placas tectônicas. Geologia. Movimento de placas.

Duração: 05min00s

Fonte: Youtube

* Todas as informações contidas nesse vídeo referem-se ao período de sua edição.

  • 9297
  • 81
Fechar

Campos com (*) são obrigatórios.

fechar

Copie o código abaixo e insira em sua página:


Ou compartilhe através dos sites:

Fechar

Mais Informações